quinta-feira, 2 de julho de 2015

Uma reflexão sobre os “atuais” G.I.Joes lançados pela Hasbro!

Pelo colaborador e colecionador Mário Fima
Infelizmente hoje a coisa está ficando bem difícil para o colecionador brasileiro, seja ele de G.I.Joe, Marvel, DC, Hot Toys, etc; mas nos ateremos especificamente aos antigos (Comandos em Ação) e clássicos G.I.Joe, pequenas figuras de ação que marcaram a vida da molecada nos anos 1980 e 1990.
Desde o último filme (A Vingança do Cobra), as figuras que tem sido lançadas pela Hasbro chamam-se de G.I.Joe Subscription Figure, que nada mais são, em sua grande totalidade, figuras clássicas relançadas nos moldes “25th Anniversary, com significativas melhoras em alguns pontos de articulação, especialmente na região dos braços e antebraços, que em nossa opinião era o ponto negativa desta linha.
Confira um exemplo nas várias versões do Flint, onde se pode observas as articulações do braço que permitem o personagem ficar em “posições” como a de “sentido”:
Acima, da esquerda para direita: Flint nas seguintes versões: 1) Three Comic Pack, 2005; 2) G.I. Joe: 25th Anniversary G.I. Joe Battle Pack #2; 3) G.I. Joe Resolute: G.I. Joe Battle; 4) G.I. Joe: Retaliation-2013; 5) Danger at the Docks" set for the 50th Anniversary.
Obs: Nota-se que as versões de escultura da série “Comic Pack” (molde clássico), ”Resolute” e “Retaliation”, são as figuras que melhor se pode posicionar o personagem.

Sobre as articulações, um parêntese: a série 25th Anniversary serviu de “revival“ para a coleção dos Joes e isso é inegável, contudo, a linha baseada no 1º filme (G.I.Joe – A Origem do Cobra), trouxe uma significativa melhora na articulações, que seguiu com as linhas G.I.Joe Pursuit of Cobra; G.I.Joe Resolute; G.I.Joe 30th Aniversary; G.I.Joe The Revenge of Cobra (2º Filme); G.I.Joe 50th Anniversary;  até chegar nas atuais – caras e restritas – figuras G.I.Joe Subscription.
Outro ponto interessante dos “Novos Joes” é a grande quantidade de equipamentos que cada personagem possui.
Dos antigos, ainda lembramos os equipamentos que vinham com alguns personagens.
Observe como exemplos os personagens Low-Light (no Brasil, Franco-Atirador) e o Blowtorch (no Brasil, vulgo Lança-Chamas) em suas primeiras versões clássicas, e a série remodelada “Pursuit of Cobra”:
Cada figura tem uma média de preço de US$ 49,99 a US$ 69,99 dependendo do site (loja virtual), diferenciando de figura para figura. Estamos falando de e-commerce, não E-bay.
A variação de preços no E-bay é menor, considerando ainda que a Receita Federal no Brasil tem tributado até mesmo os produtos comprados neste site de leilões, portanto se você tem “medo de tributação”, prepare-se que o risco é o mesmo de comprar em sites e-commerce.
Infelizmente, são figuras caras, por exemplo, uma figura “Subscription” que custa US$ 59,00 (em loja norte-americana), se paga em torno de US$ 24,00 por frete com rastreamento, o que totaliza US$ 83,00.
Convertendo este valor para nossa moeda, o real (com a cotação do dólar a R$ 3,12), você vai pagar em torno de R$ 258,58 em apenas uma única figura! Um absurdo!
E não fique triste, vai ficar pior...Se você for tributado – e possivelmente será – vai pagar 60% deste valor  (R$ 258,58) convertido em real a título de tributos, mais a taxa de R$ 12,00 que os correios irão cobra para armazenar a mercadoria, e eu não estou nem contabilizando o IOF do seu cartão de crédito.  Agora faça as contas!
Em resumo:
G.I.Joe (Subscription)= Preço do produto + Frete + Tributos + Taxa Correios + IOF = R$$$$


Para efeitos desse cálculo, não estamos considerando o preço do E-bay, uma vez que há variação, e considerando os relatos constantes de tributação de mercadorias adquiridas através daquele site, a “fórmula de compra” seria a mesma.
A realidade é que hoje a série vive de relançamentos, com uma ou outra figura repintada, fato que sempre ocorreu, e não se reclama disso, pois há repinturas realmente muito bacanas, vide exemplo abaixo no personagem Recondo (no Brasil, Patrulheiro de Selva), nas versões Força Tigre (Five-pack Exclusivo das Lojas Toys R Us, 2015) e Clássica da série “Assault on Cobra Island” (2009):
Este ano (2015) a Hasbro já anunciou uma série de “Versus Two-Packs” que serão figuras exclusivas da G.I. Joe SDCC 2015 e 50th Anniversary TRU, e sairão no mercado a partir de Julho, algumas exclusivas da SDCC.
Confira a lista abaixo:
CLASSIC CLASH: Spirit Iron-Knife vs. Storm Shadow
MARINE DEVASTATION: Gung-Ho vs. Cobra Shadow Guard
HUNT FOR COBRA COMMANDER: Shipwreck vs. Cobra Commander
TROOP BUILD-UP: Steel Brigade vs. Iron Grenadier
SWAMP STEAM: Blowtorch vs. Croc Master
Considerando que são peças exclusivas e não há o apelo comercial algum de filme ou desenho animado atual, a Hasbro do Brasil não irá trazer absolutamente nada para os colecionadores brasileiros – o que não é novidade –, ainda mais, em tempos de crise e com dólar instável e elevado.
Já quanto ao lançamento das “Figuras Subscriptions 2015” estão programadas as seguintes figuras:
BILLY ARBOC – (Filho do Cobra Comander, versão Adulta)
  BULLHORN – Intervention Specialist
Interrogator
LAW & ORDER – MP and K9 (Classic Deco)
  COBRA INFERNO B.A.T.
  NINJA FORCE NUNCHUK
  ICE NINJA NIGHT CREEPER (1998 VERSION)
  PATHFINDER
  TIGER FORCE SNEAK PEEK (with new head sculpt & vintage accessory)
  Z FORCE JAMMER (na verdade é o “irmão gêmeo inglês” do Stalker)
  TIGER FORCE OUTBACK (versão inglesa com nova escultura de cabeça)
É meus amigos, a verdade é que a vida de colecionador está cada dia mais difícil, ainda mais pra nós brasileiros.
Infelizmente alguns colecionadores não possuem cartão internacional e se socorrem do MercadoLivre, sendo que na empolgação, acabam sendo vítimas de preços esdrúxulos e absurdos cobrados por alguns “Scalpers”, vendedores sem ética nenhuma.
Acostumado a comprar aqui e fora, observo que no MercadoLivre, até os itens mais “comuns” ou lançados no Brasil (como a linha G.I.Joe A Origem do Cobra) contam com preços fora da realidade.
Minha recomendação a você que retomou a coleção, começou agora ou já está no circuito faz tempo, é que não se afobe e compre um item de primeira, a não ser aqueles itens exclusivos de coleção que tendem a se tornar raros, mas ainda assim:  Pare. Pesquise. Aguarde e Consulte.

Do contrário, a brincadeira poderá sair bem cara. 




5 comentários:

Unknown disse...

Concordo plenamente com o artigo. Como colecionador de Joes, dei um tempo na minha coleção há 1 ano aproximadamente. Está difícil demais de "manter o vício" (rsrs). Do jeito que a situação atual se encontra, não vejo esperança para o sofrido colecionador em geral.
Yo Joe!!

Unknown disse...

Uma correção: o segundo filme se chama "Retaliation" ( A Retaliação), e não " A Vingança do Cobra".

Mario de Barros Fima disse...

Obrigado pela Correção, foi correria na hora de entrega e confusão com a Mini-Série da TV chamada "The Revenge of Cobra" de 1984.
Abraço,
Mario Fima

victor88 disse...

Muito bom artigo, eu queria muito que a hasbro trouxesse essas linha da TRU mas eh difícil ela trazer realmente. Pior q nos EUA a situação da coleção tb não é das melhores já q a política atual da Hasbro é de investir em AFs de 6´´ e naum de 18', o que sacaneia e muito os colecionadores desse tamanho de SW, Marvel e pior ainda de Joes.

Luiz Big Ben disse...

Não obstante, os heróis da resistência da JoeCon Brasil, estarão realizando a 5a. Convenção e Exposição G I Joe/Comandos em Ação/Falcon, no dia 12 de setembro próximo,na séde do Arsenal 51 em São Paulo. Não tá fácil prá ninguém, mas não vamos deixar os Joes desaparecerem. Todos estão convidados.